Jubartes Capixabas

September 1, 2017

Todo os anos, entre os meses de julho à novembro, as baleias Jubarte vem para a costa do Brasil. Os locais mais frequentes para sua visita são na costa da Bahia e do Espirito Santo. As baleias vêm para as águas quentes capixabas para sua época de reprodução e permanecem aqui amamentando seus filhotes até estarem prontos para uma longa viagem até a Antártica para se alimentarem.

 

As baleias Jubarte são enormes mamíferos marinhos, que medem até 16 metros e podem pesar até 40 toneladas. Elas ficam, aproximadamente, entre 20 a 40 quilômetros de distância da costa e é possível observá-las com passeios turísticos feitos de barco. A observação desses animais foi pioneiramente realizada pelo Instituto Baleia jubarte, primeiramente com somente fins científicos, de monitoramento e foto-identificação de suas caudas, que são utilizadas para diferenciar cada indivíduo. Entretanto, depois a observação foi estendida para o âmbito turístico junto com a conscientização ambiental.

 

Com o instituto Baleia Jubarte na Bahia instalado desde 1996, já existem muitas pesquisas e exploração turística, o que é muito benéfico tanto para a pesquisa e conservação das baleias, quanto para o desenvolvimento socioeconômico local. De alguns anos para cá, foi notado em Vitória - ES um potencial para implementação também de projetos como este, visto que a capital capixaba é rota frequente das baleias.

 

Com um novo projeto inaugurado em 2017 chamado “Amigos da Jubarte”, essa iniciativa vêm a público com o intuito de popularizar as Jubartes no estado e também proporcionar conhecimento e conscientização da população frente a conservação desses mamíferos. Para um contato mais direto da população com as baleias o projeto amigos da Jubarte proporciona e incentiva o “whale watching” na capital, fazendo treinamentos para mestres de embarcações e operadoras de turismo, para que toda a atividade seja feita respeitando as condições do animal e proporcionando uma experiência única para os observadores.

 

Iniciativas como essas são importantíssimas, visto que são populações em recuperação e que um dia já estiveram em perigo iminente de extinção por conta da pesca predatória com o principal intuito de extração do óleo. Frutos concretos desses trabalhos é a recente retirada das Jubartes da lista de espécies em extinção. Isso e muito mais podemos alcançar através de iniciativas sérias e comprometidas.

 

Apoie essa causa você também!

Compartilhar
Please reload

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

Universidade Federal do Espirito Santo - Campus Goiabeiras

Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-073 

Tel: (27) 3335-7699   (27) 988 799 807

comercial@ecoceanoej.com